11/11/2019 10h20

Ministério Público recomenda provas nos processos seletivos da Educação

Visando garantir processos seletivos eficientes e justos de contratação em designação temporária de professores e pedagogos na rede municipal, foi remetido pelo Ministério Público, uma recomendação para elaboração dos próximos editais.

A medida pretende, entre outro pontos, combater possíveis irregularidades quanto a apresentação de certificados de graduação e outros títulos, conforme situações já vivenciadas em outros processos no Estado.

O documento estabelece prazos de procedimentos e métodos de avaliação dos candidatos, dando liberdade do município adotar prova escrita de título e a não aceitação de cursos livres por instituições privadas.

Também é recomendado a instalação de uma Comissão Permanente de Avaliação, com membros das áreas de Recursos Humanos, Procuradoria e Controladoria para checagem de documentos.

Clique aqui e veja o documento publicado na íntegra.